Presidência

Presidente da Fundação Cultural de Porto Velho - FUNCULTURAL

Decreto do Nomeação nº 13/I de 01 de janeiro de 2017

Publicado no diário oficial de nº 5.364 em 03 de janeiro de 2017

Antônio Ocampo Fernandes natural de Guajará-Mirim – RO, Servidor Público Federal com formação em Museologia na Universidade Estácio de Sá – 1986, na cidade do Rio de Janeiro - RJ.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

MUSEU ESTADUAL DE RONDONIA

Cargo: Diretor do Museu

Período: Agosto de 1986 a Dezembro de 1989

MUSEU DA ESTRADA DE FERRO MADEIRA-MAMORÉ

Cargo: Diretor do Museu

Período: Janeiro de 1990 a Novembro de 1990

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E ESPORTES-SEMCE

Cargo: Diretor do Departamento de Cultura

Período: 1993

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E ESPORTES E TURISMO –

SEMCE

Cargo: Secretário Municipal

Período: 1997 a 2000

Principais Projetos/Atividades:

Projeto Domingão: Criado em 1997 com o objetivo sócio/cultural/esportivo/ambiental, de atendimento as comunidades dos bairros e que levava mais de 60 itens ao público, oferecendo ações como: corte de cabelo, expedição de documentos, fotografias, doação de mudas de arvores, atendimento médico diversos, dentário, atividades esportivas, atividades artísticas-culturais, lazer, palestras e outros.

Festivais de Praias: Criado em 1997 para atender aos atletas do vôlei de praia, tendo o primeiro no Distrito de Fortaleza do Abunã, sendo um grande sucesso, que teve que ser estendido para outras praias do município: Jaci-Paraná, Belmont e Rio Bonito. Além do vôlei de praia tinha durante a noite as apresentações musicais e desfiles de garotas.

Concurso de Decoração Natalina: Criado, em 1997, para incentivar a população a iluminar suas casas e estabelecimentos comerciais, o que naquele ano causou impacto na cidade devido a grande participação da comunidade.

Projeto Porto Natal: Criado para ser o desfecho da premiação dos ganhadores do Concurso de Decoração Natalina, tendo como principais atrações do Porto Natal as apresentações dos Corais da cidade como o da Unir, Correios, igrejas, etc.

O Escritor e Sua Obra: Criado, em 1997, para levar ao público estudantil os poetas, escritores e historiadores. O escritor falava de sua obra e os estudantes debatiam com o autor sobre os temas abordados.

Projeto Retreta na Praça: O projeto visou o resgate do antigo habito dos portovelheses de ir à praça para ver as apresentações das bandas de musicas aos domingos. Em 1997 e 1998 várias bandas se apresentaram aos domingos no Coreto da Praça Aluizio Ferreira, como: 17ª Brigada, Polícia Militar, Escola Padre Chiquinho, Escola Vicente Rondon, Castelo Branco, do SENAI, Escola de Musica Jorge Andrade, Escola de Musica Thomas Jefferson, etc.

Reforma da Igreja de Santo Antônio: Há anos a igreja não passava por uma reforma e foi em nossa gestão que recebeu esse tratamento em junho de 1997, tendo sido realizada uma missa na igrejinha no dia de Santo Antônio. Depois nunca mais recebeu outra reforma.

Aniversário de Criação de Porto Velho: A partir de 1997 passou a ser realizado nos anos de nossa gestão uma programação festiva cultural e esportiva no dia 2 de outubro, com apresentações musicais diversas e atividades esportivas, como uma mini-maratona.

Dia da Cultura (5 de novembro) A partir de 1997 o Dia da Cultura passou a ter uma programação cultural diversificada em homenagem a cultura local.

Dia do Artista Plástico (8 de maio): Também foi outra data que não passava em branco, tendo, a partir de 1997, uma exposição coletiva que foi chamada de “Cotidianos” com as obras dos artistas plásticos local, realizadas em algum ponto da cidade, principalmente no salão da Caixa Econômica.

Dia do Folclore (22 de agosto): Data que sempre o folclore foi prestigiado, tendo sido criado em 1998 o Arraial Fora de Época na semana do folclore, realizado todos os anos na Praça Aluizio Ferreira.

Dia das Comunicações (5 de maio, dia do nascimento do Marechal Rondon): Passamos a partir de 1997 a realizar uma exposição fotográfica sobre o Patrono de Rondônia em algum ponto da cidade.

Projeto Redescobrindo Valores: Criado em 1999 para atender o seguimento das artes plásticas com o objetivo de resgatar os artistas que nunca tiveram condições de fazer uma exposição individual. O projeto possibilitava a doação de todo o material e a infraestrutura para a realização de uma exposição, como “do pincel ao coquetel”, que assim ficou conhecido o projeto. Foram atendidos com o projeto os artistas: Zé Fona, Chagas Paulino e Nonato Cavalcante. Depois de 2000 não foi dado seqüência ao projeto.

Concurso Rua da Copa: Foi iniciado em 1994 e demos sequência na Copa de 1998, que tem o objetivo de incentivar os moradores a decorar as ruas e residências. Naquele ano tivemos a participação de 50 participantes.

Torneio Interdistrital de Futebol: O torneio já existia, porém, estava fraco com a pouca participação dos Distritos do município. Foi então que revitalizamos o Torneiro e todos os municípios participaram do evento, tendo como incentivo maior uma premiação de grande valor, principalmente com os troféus personalizados.

Conselho e o Fundo Municipal de Turismo: Criados em nossa gestão para fortalecer o segmento e atender as normas da EMBRATUR.

PNMT – Programa Nacional de Municipalização do Turismo da EMBRATUR, que foi implantado para viabilizar a realização de várias oficinas de turismos, cursos de capacitação na área de turismo.

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE MEIO AMBIENTE – FIMA

Cargo: Presidente da FIMA

Período: 2001

Missão: Dar maior abrangência na gestão ambiental no município. O período na presidência da FIMA foi de transição entre a extinção daquela Fundação e criação de uma Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que passou a se chamar SEMA.

SECRETARIA MUNCIPAL DE MEIO AMBIENTE – SEMA

Cargo: Secretário Municipal

Período: 2001 a 2003

Missão: Viabilizar a gestão ambiental no município de Porto Velho. A SEMA foi criada pela Lei Complementar nº 119, do dia 30 de abril de 2001. A implantação da Secretaria foi de grande relevância, onde a administração municipal passou a ter força de gestão com a questão ambiental dentro do Município. A SEMA foi a primeira secretaria do gênero no Estado e a primeira da Amazônia a ter um corpo de fiscais ambientais admitidos por concurso público. Com uma equipe dinâmica e competente a SEMA foi sendo estruturada com leis, decretos e portarias. O documento legal mais importante foi à implantação do Código Municipal de Meio Ambiente disciplinando a política ambiental. Também foram criados o Conselho e o Fundo Municipal de Meio Ambiente.

O Parque Municipal de Porto Velho, mais conhecido como Parque Ecológico, foi totalmente revitalizado com a construção do Portal de Recepção que inclui lanchonete, guarda-volumes, sala de informação, loja de artesanato, bilheteria e banheiros, inclusive para deficientes. Outros benefícios foram feitos como o asfaltamento da estrada de acesso, a implantação de telefones e o reforço de energia elétrica.

SECRETARIA DE ESTADO DOS ESPORTES, DA CULTURA E DO LAZER –

SECEL

Cargo: Secretário de Estado

Período: 2006

Missão: Reorganizar a Secretaria e revitalizar o Arraial Flor do Maracujá.

PONTOS DE CULTURA

Função: Coordenador

Período: Setembro de 2008 a Setembro de 2009

Missão: Como primeiro coordenador da Comissão tivermos que iniciar com a divulgação do Edital e incentivar as entidades culturais de todo o Estado a participarem do Concurso Público para preencher as vagas dos 30 Pontos de Cultura disponibilizado para o Estado de Rondônia por meio de convênio entre o Governo de Rondônia e o Ministério da Cultura, envolvendo um valor de Cinco Milhões e Quinhentos Mil Reais.

EXPERIENCIA DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES DE AUTORIA - LIVROS

De Rondon para Rondônia – 2000

O Real Forte Príncipe da Beira – 2001

Madeira Mamoré – Do Gênio Humano ao Abandono - 2005